top of page

Explorando o Mundo do Blend na Cachaça: Uma Jornada pela Arte da Mistura


Dornas de madeira

Na busca incessante por sabores únicos, surge uma prática que vai além de simplesmente combinar ingredientes - o Blend. Este nome, importante, refere-se à habilidade de misturar elementos diferentes em busca de um resultado desejado. É interessante notar que essa arte da composição não está apenas ao nosso redor, mas também dentro de nós, refletida na mistura dos genes herdados de nossos pais.


No universo da cachaça, essa prática recebe o nome de 'blendagem', uma técnica que envolve a harmonização de proporções diversas de duas ou mais bebidas envelhecidas em barris de madeiras distintas ou com tempos de maturação variados. O objetivo? Alcançar o equilíbrio e conferir uma identidade única ao produto resultante.


De acordo com Manoel Agostinho Lima Novo, autor do "A Arte do Blend na Cachaça", realizar um blend não é apenas um processo técnico, mas uma forma de conferir à bebida a cara, a personalidade e a assinatura distintiva de seu produtor .

Ao criar um blend, há o potencial de aprimorar as virtudes da cachaça, intensificando a complexidade sensorial e transformando-a em uma edição verdadeiramente única. O mestre de adega, ou master blender, desempenha um papel fundamental nesse processo, garantindo que a cachaça mantenha padrões consistentes de cor, aroma, sabor e teor alcoólico ao longo do tempo.

Diversas garrafas de cachaça para blend

A padronização, nesse contexto, pode ser buscada para manter características sensoriais constantes em todas as safras e lotes, garantindo que a cachaça mantenha sua identidade única. No entanto, caso um produtor adquira cachaças a granel de diferentes indústrias e busque criar sua mistura padronizada, a legislação exige que essa cachaça seja identificada como estandardizada.



A História e a Evolução da Blendagem: Uma Arte que Cruza Fronteiras

O conceito de blends não é algo novo, tendo suas raízes em práticas que surgiram com vinhos e alcançaram destaque com whiskies. Na Escócia, Johnnie Walker teria sido pioneiro ao aplicar a mistura primeiro a chás, buscando um sabor consistente, antes de replicar a experiência no universo do uísque.


Armando Del Bianco, um dos primeiros a trabalhar com a padronização de cachaças no Brasil, destaca a evolução dessa prática no país, apontando que ainda há muito espaço para crescimento. Ele ressalta que, ao contrário da mera padronização de cor e teor alcoólico, realizar um blend de cachaça é uma arte que demanda sensibilidade e conhecimento.

Del Bianco, responsável pela elaboração dos destilados da marca Gouveia Brasil, já produziu blends premiados, evidenciando que o blend não é apenas uma técnica, mas uma verdadeira expressão artística.

O Blend como Diferencial para a Cachaça: Inovação e Variedade


Para Maurilio Figueiredo Cristófani, produtor de cachaça e proprietário do engenho Barra Grande, em Itirapuã (SP), os blends representam uma oportunidade única para os produtores artesanais. Destaca-se que criar blends é um diferencial que agrega valor ao portfólio de cachaças oferecidas pelos produtores, proporcionando uma proposta única e equilibrada em termos de sabores e aromas.

Com a terceirização dos engenhos e o uso de mais madeiras nativas, os produtores podem criar perfis distintos para cada marca, atraindo investidores e conquistando novos públicos.



Blend ou Single? A Complexidade da Cachaça no Mundo da Mistura

Embora o termo “blend” possa parecer impreciso para alguns, especialmente quando comparado ao universo do whisky, onde se refere a uma combinação de destilados de diferentes destilarias, no Brasil, essa prática se assemelha aos chamados “singles”. Estes são feitos a partir da produção de um único produtor, mesmo que com lotes de diferentes anos.


A complexidade da cachaça reside na combinação e equilíbrio das essências de diversas madeiras utilizadas no envelhecimento. Enquanto outras bebidas partem de uma madeira única, como o carvalho, a cachaça pode explorar as ofertas delas. Mesmo que o termo “blend” tenha sido adotado, ele reflete a falta de um equivalente mais preciso na nomenclatura.

Senhor manuseando barris com cachaça

Explorando o Potencial das Madeiras Brasileiras em Blends de Cachaça

O Brasil possui uma rica diversidade de madeiras, cerca de 42, que apresentam sabores distintos no envelhecimento da cachaça. Essa variedade permite uma extensa gama de variações e opções para os produtores trabalharem em seus blends, agregando complexidade e nuances exclusivas às bebidas.


O Caminho para o Blend Perfeito: Uma Jornada de Experimentação e Dedicação

O blend perfeito é resultado da habilidade de somar as qualidades das madeiras de forma a criar uma bebida agradável e distinta. O caminho para essa combinação ideal passa pela experimentação sistemática, onde a análise sensorial desempenha um papel crucial. Apesar da empolgação envolvida, a prática é levada a sério por aqueles que buscam alcançar a excelência.


Tipos de Blend de Cachaça: Da Padronização à Edição Especial

Existem diferentes tipos de misturas, cada um com seus propósitos específicos:

  1. Econômico: Busca aumentar o volume de uma cachaça especial sem perder suas virtudes, sendo uma prática de aproveitamento e padronização.

  2. Montado: Envolve uma seleção de cachaças com base em uma proposta definida pelo produtor, destacando atributos específicos, como sabor frutado, floral ou amadeirado.

  3. Comemorativo: Edições limitadas, muitas vezes mais intensas, que celebram momentos especiais, garantindo singularidade.

  4. Especial: Blends de cachaças superiores, destinados aos mercados mais sofisticados.


Cuidados na Produção de um Blend: A Importância da Qualidade Inicial

Embora a mistura tenha o poder de elevar as virtudes de uma cachaça, conferindo personalidade e a assinatura do produtor, é crucial lembrar que não faz milagres. Quando uma cachaça inicial é de qualidade inferior, os defeitos continuarão evidentes, e nenhuma mistura poderá corrigi-los.



A Arte do Blend na Cachaça como Expressão Única:

Em um mundo onde a busca pela singularidade e qualidade é constante, o blend na cachaça surge como uma verdadeira forma de expressão artística. Do equilíbrio das madeiras à experimentação na busca pelo blend perfeito, essa prática oferece aos produtores a oportunidade de inovar, criar e encantar os paladares mais exigentes. Em um país com uma rica tradição na produção de cachaça, a mistura se destaca como uma ferramenta poderosa para elevar a bebida a novos patamares de excelência.



11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page